Realização Patrocínio
              
  1. Palestrantes


    A Abravidro e os patrocinadores do Simpovidro sempre trabalham para levar ao simpósio uma agenda repleta de atividades — da qualificação profissional ao networking e lazer. A programação do 14º Simpovidro já está sendo elaborada.

    Confira a relação de alguns dos grandes nomes que já subiram ao palco do Simpovidro para palestrar:

  2. Arnaldo Jabor
    Comentarista da rádio CBN, o polêmico jornalista político e cineasta Arnaldo Jabor apresentou a palestra Perspectivas do Brasil contemporâneo no 11º Simpovidro. Em sua apresentação, fez observações sobre o cenário político nacional dos últimos trinta anos, buscando na história do País as explicações para a essência e o espírito nacional, além de ressaltar que falta senso crítico ao brasileiro, o que leva ao florescimento da burocracia, da incompetência e da corrupção.
    Carlos Alberto Sardenberg
    O jornalista especialista em economia levou ao 13º Simpovidro, em 2017, a mesma dinâmica, didática e carisma que apresenta em suas participações na rádio CBN, Globonews, TV Globo e jornal O Globo. Em sua palestra, ele analisou o momento econômico pelo qual o País passava e fez projeções.
    Clóvis de Barros Filho
    Um dos maiores pensadores brasileiros contemporâneos esteve no 12º Simpovidro, em 2015, para falar sobre o tema Fidelidade: condição da confiança. O professor comentou sobre moralidade de forma bem ampla, não somente restrita ao campo dos negócios, com ensinamentos que podem ser aplicados em qualquer aspecto da vida de uma pessoa. “Moral é sempre conjugada na primeira pessoa do singular, é você conversando com você mesmo”, definiu.
    Cristiane Correa
    Formada em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, com especialização em publishing pela Yale University, a jornalista e palestrante Cristiane Correa publicou em 2013 o best seller Sonho grande, que conta a trajetória de Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sucupira, donos da ABInbev, Lojas Americanas, Burger King e Heinz. Cristiane falou sobre seu livro no 11º Simpovidro, explicando como esses homens se tornaram donos de algumas das maiores fortunas do Brasil baseando a gestão das empresas que administram em pilares como meritocracia, sociedade, simplicidade e controle de custos.
    Germano Rigotto
    Palestrante durante o 5º Simpovidro, em 2001, Germano Rigotto começou sua vida pública em 1976, quando foi eleito vereador em Caxias do Sul, RS, pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Foi deputado estadual, três vezes deputado federal e também governador do Estado do Rio Grande do Sul (2003 a 2007).
    João Carlos Martins
    O maestro, um dos mais renomados músicos do Século 20, foi responsável por uma das apresentações mais impactantes da história do evento, encantando a todos com sua história de superação e a magia de sua música no 12º Simpovidro, em 2015. Após contar fatos de sua carreira, sentou-se ao piano e tocou cinco peças, incluindo Johann Sebastian Bach, o clássico nacional Eu sei que eu vou te amar e uma versão para o Hino Nacional Brasileiro.Foi ovacionado por um emocionado público.
    José Roberto Guimarães
    O treinador de vôlei, único tricampeão olímpico brasileiro, usou sua experiência à frente de equipes femininas e masculinas no esporte para dar uma verdadeira aula de liderança no 13º Simpovidro, em 2017. Quem está no comando deve, de acordo com o profissional, assumir riscos, motivar sua equipe e, principalmente, comprometer-se no projeto em que está envolvido. Saber ouvir cada pessoa também é muito importante.
    Lars Grael
    Convidado pela Guardian e UBV, Lars Grael abriu a programação de palestras do 10º Simpovidro, em 2011, com Superação — Viver é como velejar, vale vencer!. O esportista, detentor de duas medalhas olímpicas (Seul, 1988; e Atlanta, 1996) na vela, além de diversos outros títulos como oito sul-americanos e um mundial, narrou sua carreira no esporte e a emocionante trajetória de superação após o acidente náutico em que perdeu a perna direita, em 1998. Em analogia do esporte com as diferentes mudanças ocorridas em nossa vida, Grael definiu que “o pessimista reclama do vento, o otimista espera ele mudar e o realista ajusta as velas”.
    Marisa Orth
    Convidada da União Brasileira de Vidros (UBV) para a programação de palestras do 6º Simpovidro, em 2003, a atriz Marisa Orth usou o bom humor encontrado nos papéis que representa para falar sobre as novidades da empresa para aquele ano.
    Max Gehringer
    Renomado administrador de empresas e palestrante do mundo corporativo, Max Gehringer é autor de vários livros, entre eles Comédia corporativa e Emprego de A a Z. Comentarista da Rádio CBN, já teve quadros no programa Fantástico, na TV Globo, e escreveu artigos para revistas como Época, Exame e Você S/A. No 7º Simpovidro, em 2005, Max abordou o tema Inovar faz a diferença e orientou os gestores a não terem medo de realizar mudanças, seja para modificar ou até excluir algo de suas empresas.
    Paulo Rabello de Castro
    Pouco antes de assumir a presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e, mais tarde, concorrer como vice na chapa de Alvaro Dias à presidência da República (eleições de 2018), o economista foi ao 12º Simpovidro, em 2015. E ele foi bastante claro em sua análise: a crise era grave, o governo gastava mais do que arrecadava e as empresas deveriam estar atentas para enfrentar o momento enquanto correções não fossem feitas pelo poder público.
    Washington Olivetto
    O publicitário Washington Olivetto, responsável por algumas das campanhas mais famosas da publicidade brasileira, palestrou no 11º Simpovidro sobre o tema Comunicação. Ou é boa, ou é ruim., onde buscou ensinar como chamar a atenção do cliente, apresentando imagens de diversas campanhas de sucesso assinadas por ele, muitas delas presentes na memória de todos.

    Grandes nomes do entretenimento também já passaram pelo evento



    Elba Ramalho
    Uma das cantoras mais relevantes da MPB fez um show cheio de animação no 11º Simpovidro, em 2013. Acompanhada por uma banda que tocava com vigor invejável, ela mostrou porque é uma das vozes mais potentes do Brasil, emendando clássicos como Anunciação, Gostoso demais, Morena de Angola, Xote das meninas e Aconchego.
    Fafá de Belém
    A cantora encerrou o 12º Simpovidro, em 2015, apresentando inúmeros sucessos de sua carreira, incluindo Vermelho, cantada em uníssono pela plateia. Vários clássicos da música sertaneja também fizeram parte do setlist, como Nuvem de Lágrimas e É o amor.









14º SIMPOVIDRO | 2019 | Enotel Porto de Galinhas